quinta-feira, 18 de março de 2010

Faça uso do que é BOM




Estou lendo um livro muito interessante de Jack Kornfield, e fala sobre a natureza humana e sua complexidade, em especial de alguns mestres dos quais ele estudou o ZEN Budismo. E que ele usou um de princípio muito importante que é: Faça uso do que é BOM.

Segue um relato de Jack Kornfield

Depois de estudar com meu primeiro mestre, Achaan Chah, que tinha uma conduta impecável e era, de muitos modos, um guru exemplar, cortês, perspicaz e amoroso, participei de um retiro de um ano, estudando com um famoso mestre birmanês. Era um velho rabugento e desmazelado que jogava pedras nos cachorros, fumava charutos birmaneses e passava as manhãs lendo jornal e conversando com as mais belas das jovens monjas.

Nas conversas particulares, era um mestre esplêndido. Depois de treinar milhares de discípulos, ele era realmente um hábil guia para a meditação interior. Mas quando o vi em outras situações, fiquei cheio de dúvidas, pensando: "Ele não pode ser iluminado". Passaram-se semanas de luta interior até que comecei a ver que ele era um grande mestre de meditação, mas, sob outros aspectos, um mau exemplo.

Percebi que eu podia usar o que era bom, sem precisar comprar todo o pacote. Não era preciso que eu imitasse esse homem. A partir de então afeiçoei-me bastante a ele.

Penso nele, hoje, com afeto e gratidão. Eu não gostaria de ser como ele, mas estou agradecido pelas muitas coisas maravilhosas que me ensinou.

Namaste


Eu não estou conseguindo postar comentários. Não sei qual que problema. Vou tentar resolver com o google.

15 comentários:

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

A perfeição é algo impossível mesmo.
Há de se saber seguir o bom lado e deixar de lado o mau.
Bela experiencia de vida.

Beijo

=)

angela disse...

Muito interessante esse relato, a gente fica esperando anjos, santos, etc como mestre e na verdade eles são humanos como nós, só estão mais proxímos do divino, o que não os torna deuses.
beijos

Marcos Takata disse...

Agradeço amigas
Namaste

Norma Villares disse...

Marcos,
Em seu blog agora posso comentar.
Beijinhos

Cris Tarcia disse...

Marcos, adorei o texto,

Um abraço

Maria José disse...

Páscoa significa renascimento. Desejo que neste dia, em que nós cristãos, comemoramos o seu renascimento para a vida eterna, possamos renascer também em nossos corações. Beijos e obrigada pela amizade.

Isabel José António disse...

Caro Amigo Marcos,

Se conseguissemos ver apenas o que é importante, para além da casca da nossa personalidade ou a dos outros, talvez apreciassemos o que há de bom em cada um. O resto, a faceta mais sombria, seria para não nos preocuparmos com ela.

Seríamos uns mestres se o conseguissemos. Mas ir praticando também é uma boa aposta.

Um abraço.

José António

Silvana Nunes .'. disse...

Boa noite.
Nossa, "Tornar-se pessoa" é um livro lindíssimo. Belo post, gostei da sua narrativa.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom feriadn para você.
Fique na Paz.
Namastê !
saudações Florestais !

Cris Tarcia disse...

Uma Feliz e Santa Páscoa.
Que a presença de Cristo ressuscitado faça morada em seu coração, em sua vida.

Um abraço

ONG ALERTA disse...

Feliz páscoa e paz no coração!!!

Josi disse...

Nossa amei esse blog,tudo haver comigo,um espaço muito gostoso!
Vou vim sempre.
Beijos,virei seguidora!

ONG ALERTA disse...

tudo é aprendizado...mas não queira o impossível, paz.

REGINA GOULART SANTOS disse...

Olá, Marcos Takata.
É um prazer conhecê-lo, ainda mais que nosso círculo de amizades parece bastante familiar.
Gostei muito de seu espaço, de suas palavras e filosofia de vida.
Doravante, gostaria de poder tb. fazer parte deste círculo de amizades de luz em plena expansão.

Um beijo de luz

Sarah El Khouri disse...

passando rápido para te deixar um oi e um abraço.
Fique com Deus

Malu disse...

Sempre boas leituras!
Fazia tempo que não vinha por aqui, amigo...
Um abraço