sexta-feira, 6 de novembro de 2009

A ORDEM NATURAL



Um homem muito rico pediu a um mestre zen um texto que o fizesse sempre lembrar o quanto era feliz com a sua família.

O mestre zen pegou um pergaminho e, com uma linda caligrafia, escreveu:

- O pai morre. O filho morre. O neto morre.

- Como? - disse, furioso, o homem rico.
- Eu lhe pedi alguma coisa que me inspirasse, um ensinamento que fosse sempre contemplado com respeito pelas minhas próximas gerações, e o senhor me dá algo tão depressivo e deprimente como estas palavras?

- O senhor me pediu algo que sempre lhe fizesse lembrar a felicidade de viver junto à sua família.

Se o seu filho morrer antes, todos serão devastados pela dor. Se o seu neto morrer, será uma experiência insuportável.

"Entretanto, se sua família for desaparecendo na ordem em que coloquei no papel, isso trata-se do curso natural da vida.

Assim, embora todos passem por momentos de dor, as gerações continuarão, e seu legado demorará muito tempo."


Que cada amigo(a) que acompanha esse blog, ilumine o coração para poder realizar a ordem natural.

Namasté



6 comentários:

angela disse...

Que assim seja...
beijos

Norma Villares disse...

Concordo com Angela. Que assim seja.
Bijussssssss

tereza ferraz disse...

E sigo as queridas amigas: Que Assim Seja!
um belo domingo.
beijos

Viveka disse...

Eu também sigo as amigas: Que Assim Seja!
Namasté

Marcos Takata disse...

Obrigado Amigas pelos comentários. Namaste

Maria José disse...

Esta deveria ser a ordem natural das coisas. Infelizmente comigo aconteceu de forma contrária. Minha filha viajou para o Mundo Espiritual antes de mim. Acho que os pais deveriam fazer esta viagem antes dos filhos, para poder ajeitar tudo à espera deles. Mas tem coisas que nós não entendemos e por isso não podemos julgar se foi justo ou injusto, certo ou errado. Não sei!!!
Tem um selo de presente para você em SELO: BLOG INSTIGANTE, dado com muito carinho. Beijos.